Blog

Sociedade empresarial: como escolher um sócio para sua empresa

55TIPS

Sociedade empresarial: como escolher um sócio para sua empresa

Empreender em sociedade é uma das práticas mais comuns no Brasil. Um sócio pode ajudar na tomada de decisões, no investimento inicial e em muitos outros aspectos do negócio. Mas começar uma sociedade empresarial não é um mar de rosas. 

Por isso, preparamos esse artigo para te ajudar a escolher um sócio para sua empresa e tomar a melhor decisão, tanto para o negócio, quanto para você. Confira! 

Tipos de sociedade empresarial

Uma sociedade empresarial envolve diversos fatores. Além de escolher bem com quem fechar uma sociedade (falaremos disso mais à frente), é preciso definir o tipo de sociedade ideal. Os 10 tipos de sociedade empresarial mais comuns no Brasil são: 

  1. Sociedade simples
  2. Sociedade anônima
  3. Sociedade em nome coletivo
  4. Sociedade em comandita simples
  5. Sociedade comandita por ações
  6. Sociedade limitada
  7. Sociedade limitada unipessoal
  8. Sociedade cooperativa
  9. Sociedade em conta de participação
  10. Sociedade de advogados

Se quer saber mais a fundo cada um desses tipos de sociedade, confira o artigo completo Conheça os 10 tipos de sociedade empresarial que existem no mercado

Como escolher um sócio para sua empresa

1) Alinhamento de objetivos

A primeira etapa para definir uma sociedade empresarial pode parecer básica, mas muitos empreendedores começam negócios sem fazer o alinhamento de objetivos. É importante alinhar o que cada um almeja e quer para o negócio, assim como a forma que irão tomar as decisões e contratar a equipe. 

Sociedade empresarial é igual casamento. Você não começa esperando o divórcio, mas se prepara caso não dê certo. Por isso, a sociedade também precisa de um “acordo pré-nupcial”. Assim como você define quem vai ficar responsável por cada etapa, defina antes de começar o que acontecerá se a sociedade acabar.  

2) Responsabilidades 

Quais serão as responsabilidades de cada sócio? Qual o papel de cada um no negócio? Qual é o peso da decisão de cada um? Em caso de discordância, como será definido o caminho que vão seguir?

Todas essas perguntas devem ser respondidas antes de fechar a parceria, além de estarem presentes no contrato da sociedade empresarial. Com a função de cada um estabelecida e ciente por todos, há menos chances de causar conflitos. 

3) Recrutamento e seleção

Os acordos para recrutamento e seleção da equipe também devem ser definidos com antecedência. Defina também quais serão os tipos de contratação, faixa salarial, plano de carreira e quaisquer outras informações que deverão ser passadas aos novos funcionários. 

Também é fundamental estabelecer a cultura organizacional da empresa. Ela reúne os hábitos, comportamentos, crenças e valores éticos e morais da empresa, além das políticas internas e externas. 

A definição da cultura da empresa deve ser feita antes mesmo do início das contratações, já que ela irá ajudar a encontrar colaboradores que compartilhem dos mesmos valores da empresa. Para saber mais sobre o assunto, confira o artigo A importância da cultura organizacional para um negócio e como identificar a sua

sociedade empresarial

4) Tomada de decisão 

Como já falamos, pode chegar um momento em que os sócios não concordem em algum âmbito do negócios e precisem chegar em um acordo. O ideal é definir isso antes mesmo de surgir um problema, garantindo a imparcialidade na tomada de decisão. 

Se forem muitos sócios, a decisão pode ser tomada a partir de uma votação. Agora, se forem dois ou três, o ideal é que um tenha um voto mais forte, que vai dar a palavra final. Outra opção é que cada sócio fique responsável por um setor da empresa, geralmente o que eles têm mais afinidade, e dê a palavra final sobre aquele assunto. 

5) Dinheiro 

Dinheiro é uma das maiores causas de conflitos entre sócios, por isso a divisão deve ser estabelecida antes mesmo de fechar a sociedade empresarial. Como os lucros serão divididos? Todos os sócios receberão o mesmo valor ou porcentagens diferentes? Haverá pró labore?

Todas essas informações precisam ser pensadas com cautela e devem constar no contrato da sociedade empresarial. Há diversos fatores que interferem na divisão dos lucros de uma empresa, inclusive falamos sobre como os valores de lucros e dividendos vão sofrer alteração com a reforma tributária e como essas mudanças impactam a vida de empreendedores

Mais uma vez, sociedade empresarial é igual casamento. Por isso, conheça bem a pessoa com quem você pretende abrir uma sociedade, estabeleça todos esses detalhes antes de assinar o contrato e, mesmo não esperando isso acontecer, esteja preparado para o divórcio.

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *