Blog

Relacionamento tóxico com o trabalho: como identificar e sair de um

55TIPS

Relacionamento tóxico com o trabalho: como identificar e sair de um

A maioria das empresas são gerenciadas nos modelos tradicionais e ultrapassados, em que o foco não está no bem-estar dos colaboradores. Isso faz com que muitas pessoas tenham um relacionamento tóxico com o trabalho.

Modelos focados em cooperação, trabalho em equipe e com foco nas pessoas vem mostrando que esse é o caminho certo para mais produtividade e lucro. 

Continue lendo para identificar se você tem um relacionamento tóxico com o trabalho e dicas de como encontrar um emprego que te faça feliz.

O modelo das super galinhas

Para entender melhor esse tipo de modelo de gestão das empresas focado na hierarquia vertical e que causa esse relacionamento tóxico com o trabalho para os colaboradores, vamos explicar o “modelo da super galinha”. Esse conceito se popularizou com uma palestra do Ted com a líder de negócios Margaret Heffernan

Ela fala de um experimento que analisou seis gerações de galinhas para medir a produtividade delas através do número de ovos que eram produzidos. As galinhas foram divididas em dois grupos, um com as que tinham mais produtividade, ou seja, que colocavam mais ovos, que ficaram conhecidas como “super galinhas”, e outro com as que não se destacavam pela produtividade.

No final do experimento, só 3 super galinhas tinham sobrevivido, já que elas acabavam se matando. A produtividade de uma vinha da diminuição da produtividade da outra. Enquanto que no time das galinhas “menos produtivas”, elas se mantiveram vivas e conseguiram aumentar a quantidade de ovos gerados. 

Como definimos um relacionamento tóxico com o trabalho

Esse experimento nos mostra que o segredo da produtividade não está em pessoas específicas super produtivas, e sim em criar um ambiente saudável em que todas as pessoas possam colaborar e ser mais produtivas. Esse é o problema central do relacionamento tóxico com o trabalho: foco somente nos resultados e não nas pessoas.

A liderança é supervalorizada. Empresas tradicionais continuam insistindo em um modelo de hierarquia vertical, em que algumas pessoas tomam as decisões (e os créditos) sozinhas, baseada nos conhecimentos e experiências de uma só pessoa. 

O que muitos não levam em consideração é que para uma pessoa que está na liderança da empresa exercer seu trabalho, precisa de uma equipe inteira que dá suporte a ela. Focar nas equipes como um todo, dando abertura para todos os colaboradores se conectarem e se ajudarem é essencial para ter equipes bem sucedidas.

Esse modelo é chamado de cultura de cooperação e é o que você deve observar na hora de procurar um emprego. 

A cultura de cooperação é essencial para ter equipes bem sucedidas e é isso que você deve observar na hora de procurar um emprego. Todas as vezes que uma pessoa diz ter um relacionamento tóxico com o trabalho, significa que ela procurou um emprego apenas pelas qualificações e demandas. Ela não se conectou com o propósito e os objetivos da empresa. 

Como encontrar o que te faz feliz

Você já parou para pensar sobre a sua relação com o trabalho hoje? Está insatisfeito com o seu emprego? Você tem vivido um relacionamento tóxico com o trabalho? Se você respondeu sim para essas perguntas, é preciso olhar para o cenário geral e entender o que está errado e o que você pode fazer para mudar. 

Se você não sabe como fazer isso, podemos te ajudar! O Tapa Na Cara é o nosso programa que ajuda você a transformar a sua relação com o trabalho e, para te dar um gostinho do programa, criamos a Maratona Tapa Na Cara, um evento gratuito para você entender onde você está, onde quer chegar e como trilhar esse caminho. 

A Maratona TNC vai ocorrer no dia 15 de abril, quinta-feira agora, às 19h07. Para participar, basta fazer o cadastro no link abaixo. Se quiser saber mais sobre o que será discutido, preparamos um post com todos os detalhes da Maratona Tapa Na Cara, confira

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *