Blog

Ponto de equilíbrio: entenda esse conceito fundamental para o sucesso do seu negócio

Finanças

Ponto de equilíbrio: entenda esse conceito fundamental para o sucesso do seu negócio

A precificação de produtos e serviços é um dos maiores desafios de uma empresa. Para chegar ao preço de venda ideal é preciso considerar todos os custos do negócio, padrões de mercado, margem de lucro e ponto de equilíbrio.

Esse último vai te ajudar a entender quanto o seu negócio vai começar a se pagar sozinho e marca o momento que sua empresa vai estar pronta para começar a lucrar.

Para saber mais sobre o ponto de equilíbrio, a importância dele para o seu negócio e como calcular esse importante ponto de controle do seu negócio, continue acompanhando. 

O que é ponto de equilíbrio?

O ponto de equilíbrio é quando a receita total da empresa é exatamente igual à soma de custos e despesas. Ou seja, ele é calculado para saber quanto é preciso vender para bancar as operações sem ter prejuízo. 

Isso significa que, quando o ponto de equilíbrio é ultrapassado em R$1 real, quer dizer que sua empresa está lucrando. Descobrir seu ponto de equilíbrio é fundamental para entender por quanto tempo você vai ter que injetar dinheiro no negócio até que ele consiga faturar o suficiente para pagar todas as contas sozinho. 

Ponto de equilíbrio

Como calcular seu ponto de equilíbrio

Antes de falar sobre a fórmula do ponto de equilíbrio, você precisa entender dois fatores: 

1. Despesas fixas

São todos os custos necessários para manter a empresa em operação, independente de quanto você produzir. Isso inclui aluguel, salário dos funcionários, água, luz, materiais de escritório, de higiene e limpeza, serviços de limpeza e manutenção, entre outros. 

Nesse cálculo, não entram os gastos para a produção dos produtos ou para compra de produtos que serão revendidos, impostos sobre as vendas e comissão dos vendedores. Esses custos devem ser embutidos no preço de venda do produto. 

2. Margem de contribuição

Esse é o ganho bruto sobre as vendas. Para calcular, você soma os custos de produção (produtos ou insumos comprados do fornecedor) e as despesas variáveis (impostos sobre vendas e comissão dos vendedores), e acrescenta, sobre o resultado, o valor da margem de contribuição. 

A fórmula

O cálculo do ponto de equilíbrio é muito simples: some as despesas fixas do seu negócio e divida pela margem de contribuição. A fórmula é: 

Ponto de equilíbrio = despesas fixas / margem de contribuição 

Vamos a um exemplo. Se uma empresa gasta R$50 mil anualmente para seguir operando e sua margem de contribuição é de 23%, qual é seu ponto de equilíbrio?

PE = 50.000 / 0,23 = 217.391,30

Isso quer dizer que, para manter a empresa sem ter prejuízo, será necessário uma renda bruta de, pelo menos, R$217.391,30 por ano. 

Atingir o ponto de equilíbrio significa que os custos se igualaram à receita e o seu negócio se tornou sustentável e está pronto para começar a lucrar. Para que isso ocorra, é necessário que os preços estejam bem formulados. Confira como fazer a precificação e calcular preços de produtos e serviços aqui

Organize o financeiro da sua empresa com nossas ferramentas

Se você não conseguiu calcular o seu ponto de equilíbrio por não saber quais são as despesas fixas do negócio ou a margem de contribuição, é bom voltar alguns passos. Nossa metodologia Tapa Na Cara ajuda empreendedores a se preparar para o mundo dos negócios e a lidar com toda a parte burocrática e financeira do negócio. 

Para fomentar o empreendedorismo, disponibilizamos gratuitamente todas as ferramentas usadas no 55 Club, nosso curso para empreendedores. Basta clicar no banner abaixo e fazer o download. A planilha de estudo de viabilidade para pessoa jurídica é ideal para colher todos esses dados, além de calcular automaticamente a partir de qual mês seu negócio atingirá o ponto de equilíbrio. 

ferramentas para empreendedores

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado.