Blog

Fases de uma startup: 5 etapas para ir da ideia ao sucesso

Empreendedorismo

Fases de uma startup: 5 etapas para ir da ideia ao sucesso

As fases de uma startup revelam o caminho necessário para abrir uma empresa do zero e alcançar seus objetivos de negócio. Em um caminho de incertezas e com muita concorrência, é preciso ter um bom planejamento e uma visão de longo prazo para se destacar no mercado e conseguir crescer. 

Confira as 6 fases de uma startup, da ideação até a escala e saiba como ter uma trajetória bem-sucedida, como escalar seu negócio e como ser um empreendedor de sucesso. 

5 fases de uma startup

1. Ideação

Toda startup nasce de uma ideia. Então, a primeira das fases de uma startup é colocar tudo no papel e entender o que é preciso para que essa ideia se concretize. Antes de começar a operar, é preciso conhecer quais as oportunidades, nichos de mercado e quais soluções se encaixam no modelo de negócio criado. 

É nesta etapa que o empreendedor investiga seu público-alvo, as dores, necessidades e desejos dos potenciais clientes e começa a planejar como seus produtos ou serviços podem ser oferecidos. Não basta ter uma ideia, é preciso provar que ela tem valor para o público-alvo e potencial para se transformar em um negócio sustentável. 

Cultura de inovação: como implementar na sua empresa

2. Validação

Como o próprio nome já diz, a validação é a etapa em que o produto ou serviço é validado no mercado. É aqui que a startup consegue confirmar suas hipóteses e fazer ajustes e melhoramentos de acordo com as impressões do público, através de um feedback real do mercado. 

A forma mais usada de validação é o lançamento de um MVP, Minimum Viable Product ou Produto Mínimo Viável. Esse é um protótipo ou uma versão mais simples do seu produto ou serviço, lançada a um público seleto para testar sua aceitação na prática. 

Entre todas as fases de uma startup, muitos empreendedores desconsideram a validação, seja por achar que sua ideia não precisa de ajustes, seja para economizar insumos no início do projeto. O problema de pular essa etapa é que, quando o produto não é bem recebido pelo público já na parte da operação, os gastos serão ainda maiores e ainda pode ocorrer da sua solução ser rejeitada pelo público. Faça testes, mesmo que com um público reduzido, para obter os insights necessários e fazer as melhorias antes do lançamento oficial. 

3. Operação

Depois da validação do MVP, chega a etapa de operação, em que a empresa inicia a comercialização e coloca suas estratégias de marketing e de vendas em prática. De todas as fases de uma startup, essa é a que os empreendedores mais esperam e é a que mostra que o sonho está virando realidade. 

O foco nessa etapa deve ser, além do marketing e das vendas, de oferecer a melhor experiência possível para os clientes. Por isso, certifique-se de oferecer um canal de suporte e atendimento para seus clientes desde o começo. Além de transmitir mais confiança, isso faz com que você receba os feedbacks diretamente e reduza a exposição negativa em sites de reclamação e redes sociais. 

Também é importante cuidar da gestão financeira do negócio. Cuide do fluxo de caixa diariamente, mantenha as finanças organizadas e, caso seja preciso, vá atrás de aportes de investidores, de preferência investidores-anjo, que acreditam no potencial da empresa e esperam retornos a longo prazo. Reunimos 5 formas de captar recursos para um negócio aqui. 

Administração de empresas

4. Tração

Quando uma startup está com todos os processos ajustados, validou seu modelo de negócios, conquistou uma base sólida de clientes e atraiu rodadas de investimento significativas, é considerado o estágio da maturidade. Agora, chega a fase da tração, que foca no crescimento, alavancando a verba de marketing e vendas para aumentar o tamanho do negócio. 

Essa é a etapa da escalabilidade, entre todas as fases de uma startup, é essa que define se o negócio tem capacidade de crescer sem perder sua essência. É preciso ficar de olho nos KPIs, Indicadores-chave de Desempenho, para entender quais áreas focar os esforços e medir o crescimento da startup. 

Startup de sucesso

5. Escala

É nesta fase que as startups conseguem se destacar no mercado e onde surgem os unicórnios, startups que possuem avaliação de preço de mercado no valor de mais de 1 bilhão de dólares. 99, Pag Seguro, Nubank, Stone, Gympass, Loggi e Quinto Andar são algumas das startups unicórnios que temos no Brasil. 

Quando uma empresa ativa o crescimento exponencial, ela consegue aumentar a receita e a base de clientes múltiplas vezes, mantendo uma estrutura administrativa e de custos enxuta. Essa escalabilidade é o segredo dos unicórnios que faturam milhões mantendo custos mínimos, sempre com o apoio da tecnologia. 

Essas foram as 5 fases de uma startup. Quer dicas para tirar suas ideias do papel? Confira 10 passos para criar uma startup de sucesso! 

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado.