Blog

Estudo de viabilidade: conheça os 4 pilares da ferramenta e aprenda a fazer o seu

55TIPS

Estudo de viabilidade: conheça os 4 pilares da ferramenta e aprenda a fazer o seu

Está pensando em abrir uma empresa ou expandir o seu negócio? Antes mesmo de começar o projeto, o ideal é fazer o estudo de viabilidade do seu empreendimento. 

Essa ferramenta define as chances de sucesso e insucesso de um negócio, analisando as condições financeiras e de mercado. 

Continue lendo e confira a importância de criar um estudo de viabilidade e os 4 pilares principais para fazer o seu. 

Por que ele é importante para o seu negócio

Para você entender melhor a importância de um estudo de viabilidade, vamos fazer uma analogia com uma viagem. Suponha que você queira conhecer um lugar novo, qual a primeira coisa que você faz? Pesquisa! 

Isso, mesmo. Procurar saber quanto custa uma passagem para o local, quais são as opções de hospedagem, qual a melhor época para visitar e quais os passeios possíveis são essenciais para não levar sustos durante a viagem. 

A mesma coisa acontece quando você abre um negócio. Precisa entender como anda o mercado, quanto dinheiro precisa para investir e qual a logística necessária para abrir a empresa com o mínimo de imprevistos possível. 

4 pilares do estudo de viabilidade

No estudo de viabilidade são realizadas análises de mercado, produtos e serviços da empresa, receita, projeção de custos e investimentos, rentabilidade, concorrência, fluxo de caixa, capital de giro, faturamento, entre muitas outras questões.

Ufa! Muita coisa, né? Para facilitar, vamos dividir essas questões em 4 pilares essenciais, confira! 

Projeção de receitas

A projeção de receitas é a identificação da possibilidade do projeto gerar receita e rendimentos para aquele que está investindo nele (você e possíveis sócios e investidores). Para fazer essa projeção com números reais e alcançáveis, é necessário conhecimento do mercado. 

Em outras palavras, deve-se saber quanto e quando o vendedor irá receber por suas vendas e o desenvolvimento destas ao longo do tempo. É recomendável realizar projeções para diversos tipos de cenário, como negativo, realista e otimista. 

Projeção de custos, despesas e investimentos

As receitas e os gastos de produção estão relacionados, então eles devem ser projetados com o mesmo padrão de qualidade. Por isso, deve-se projetar todos os gastos de produção para abater tal valor sobre  suas receitas e assim projetar o lucro esperado.

A principal função da projeção de custos, despesas e investimentos é tomar conhecimento dos investimentos necessários e gastos iniciais, como compra de maquinário, pagamento de colaboradores e aquisição de matéria-prima. 

O planejamento permite criar planos adaptáveis para mudanças que possam vir a ocorrer. 

Projeção dos fluxos de caixa

O fluxo de caixa é o dinheiro que entra e sai da empresa todos os dias. A projeção do fluxo de caixa é uma estimativa futura dos lucros e gastos. Para isso, é necessário fazer a relação entre três valores diferentes:

  • Quanto dinheiro entrará com vendas;
  • Tempo de recebimento de pagamentos;
  • Valores gastos para manter o negócio. 

Para gerar a projeção do fluxo de caixa, subtraia todos os gastos das receitas. Esses números ajudam a tomar decisões mais assertivas sobre o negócio. 

Análise de Indicadores

Há alguns indicadores que devem ser analisados dentro do estudo de viabilidade do seu negócio. Os principais são:

  • Custo de oportunidade: é o custo de investir em algo ao invés de outros investimentos possíveis. Ou seja, esse índice mostra a vantagem, ou desvantagem, de investir em um negócio;
  • Risco de negócio: é o conjunto de riscos favoráveis, como oportunidades de expansão, e desfavoráveis, como chances de grandes empresas dominarem seu mercado;
  • Prêmio pela liquidez: é a facilidade de resgate do capital investido, por exemplo, se é mais fácil resgatar o dinheiro investido em títulos públicos ou investindo na empresa. 
estudo de viabilidade

Quando necessário, procure uma ajuda especializada

Sabemos que parece muita coisa, principalmente para aqueles que não tem muita experiência com finanças e economia. Se o seu caso for esse, o estudo de viabilidade se torna ainda mais importante, já que vai te dar um norte de como gerenciar o financeiro da sua empresa.

Se precisar de ajuda, não hesite em procurar uma ajuda especializada. Fazer o planejamento do seu novo negócio é essencial para não empreender #nastoramode e reduzir riscos.

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *