Blog

Precificação: estratégias e erros

Finanças

Precificação: estratégias e erros

A precificação é uma parte de um negócio que pode trazer muitas dores de cabeça quando mal elaborada.

Mas estamos aqui para não te deixar passar por isso!

O termo é amplamente utilizado por quem está empreendendo, mas poucos entendem o seu significado e um número ainda menor sabe realizar a precificação de maneira correta.

Entender a fundo o que ela é, a sua importância e como fazê-la é fundamental para calcular o preço de venda dos seus produtos ou serviços de forma adequada, para obter lucros e manter a saúde financeira do negócio.

Existem vários aplicativos que podem te ajudar a se organizar nesse momento!

Para te ajudar a estabelecer corretamente o valor do que você vende, trazemos, neste artigo, algumas estratégias e, também, os erros mais comuns nesta etapa.

Confira!

O que é a precificação

Muito além de etiquetar mercadorias com os seus respectivos valores, a precificação é uma tarefa que exige cuidado e atenção.

Ela se refere à definição de um valor monetário para o que será ofertado ao cliente, considerando que a venda deve proporcionar um retorno positivo à empresa, além de garantir o pagamento de todas as despesas e remunerações.

Para isto, é necessário considerar diversos fatores internos, como custo da mercadoria, gastos indiretos e despesas administrativas, e externos, como impostos, crises econômicas, regimes tributários, entre outros.

A precificação é o que irá orientar o volume de vendas dentro do seu negócio e é necessário encontrar um equilíbrio para maximizar a margem de lucro.

7 estratégias de precificação

Importância da precificação

A precificação é um processo desafiador e que deve ser planejado para que a gestão financeira do negócio não seja comprometida.

E é por isso que ela é tão importante!

Ao garantir uma precificação assertiva, a sua empresa irá conquistar mais clientes, melhorando a rentabilidade do negócio.

Ela é indispensável para ter um bom controle sobre os resultados, identificando erros e gastos desnecessários, e facilitando para que as metas sejam atingidas.

Além disso, a precificação realizada corretamente ajuda auxilia a empresa no reconhecimento do seu público alvo, oferecendo um produto que contemple as necessidades do cliente e, consequentemente, ajudando a aproveitar melhor o mercado.

Assim, a sua empresa pode oferecer um produto de qualidade e obter destaque no mercado, se posicionando à frente da concorrência. 

Processo de vendas: o que é e como montar o seu

Estratégias

Entenda o seu público

Agora que você já entendeu o que é a precificação e a importância de realizá-la de maneira correta, é hora de partir para a ação.

Antes de tudo, é necessário entender a fundo o seu público.

Ainda no início de tudo, durante a análise de mercado, é imprescindível realizar uma análise do público alvo.

Aqui, ela será extremamente útil!

Afinal, você precisa entender e conhecer o seu cliente, para saber quanto ele está disposto a pagar pelo seu produto ou serviço.

Quem você deseja atingir?

Qual o poder de compra destas pessoas?

Quais os seus hábitos de consumo?

Isso irá orientar os seus esforços e garantir que a precificação seja fiel às condições do cliente!

Considere custos e despesas

Após entender o cliente, é o momento de colocar na ponta do lápis todos os seus custos e despesas.

Os custos da produção ou compra, as despesas operacionais, os impostos e taxas e todos os outros custos diretos e indiretos, para entender o valor mínimo que deve ser colocado sobre o seu produto.

Como fazer um planejamento empresarial eficiente?

 Defina o lucro

Não dá para sustentar um negócio vendendo o seu produto ou serviço pelo preço mínimo, né?

Por isso, a precificação deve levar em consideração o lucro a ser obtido.

Subtraídos todos os custos, quanto você pretende receber?

Esse valor resultante é o seu lucro!

Ao definir o seu lucro desejado, lembre-se que ele deve levar em conta o mercado, a sobrevivência e expansão do negócio.

Analise a concorrência

Por quanto o seu concorrente está vendendo a mercadoria dele?

Será que o seu valor está dentro dessa realidade?

Analisar a concorrência é essencial para entender se a sua precificação está no caminho certo, equilibrada e justa.

Calcule o markup

Para finalizar a sua precificação, uma dica de ouro: utilize a fórmula do markup para definir a sua margem de lucro.

Ele é feito da seguinte forma: markup = 100/[100 – (Despesas Fixas + Despesas Variáveis + Margem de Lucro)].

Os valores devem estar todos em porcentagem!

Definido o markup, você pode calcular o preço de venda como:

Preço de venda = markup x Custo da mercadoria.

Erros mais comuns

Na precificação, alguns erros como falta de flexibilização, guerra de preços com a concorrência e o não levantamento dos custos indiretos do negócio podem gerar grandes problemas.

Entender a fluidez do mercado, realizar promoções esporadicamente e calcular de forma correta os seus custos é essencial para o sucesso do seu negócio.

Veja, também, outras 7 estratégias de precificação para a sua empresa!

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado.