Blog

O que as empresas familiares de sucesso fazem de diferente?

Sociedade

O que as empresas familiares de sucesso fazem de diferente?

Trabalhar com gestão de empresas familiares é algo desafiador. Conciliar as relações, profissionalizar processos e organizar a empresa são alguns dos desafios. Mas temos muitas empresas familiares de sucesso no Brasil e no mundo para mostrar que esse modelo pode dar muito certo. No país, essa é uma das formas de empreendedorismo mais comuns. 

Quer saber o que essas empresas familiares de sucesso fazem de diferente e como implementar esses processos na sua empresa? Acompanhe o artigo até o final! 

O que as empresas familiares de sucesso fazem de diferente? 

Profissionalizam a empresa

A diferença entre pequenas empresas e empresas familiares de sucesso é a profissionalização. Deixar o amadorismo de lado e investir na capacitação de toda a equipe e em inovação tecnológica colaboram para a evolução e o progresso do empreendimento. 

Fazem boas sucessões

A sucessão é um processo conflitante em qualquer empresa familiar, principalmente quando há vários familiares que desejam assumir a responsabilidade e tomar frente do negócio. 

Passar a empresa para uma pessoa desqualificada e despreparada pode gerar resultados frustrantes e, em casos extremos, causar a falência da empresa. Por isso, o empreendedor deve pensar sobre a sucessão empresarial e como a empresa vai existir sem ele desde muito cedo

O segredo para resolver a sucessão da melhor forma possível é estabelecer normas para a linha de sucessão, familiarizando os herdeiros de todas as funções, responsabilidades e obrigações do cargo até um poder assumir o ofício. 

Investem em qualificação profissional

Não basta ser membro de uma família para conseguir administrar uma empresa familiar. Os sucessores precisam estudar para garantir que a administração seja feita com seriedade e com as técnicas adequadas. 

Isso pode ser feito através da graduação, pós-graduação e demais cursos de capacitação e reciclagem, de acordo com as demandas da empresa e do mercado. 

Agregam profissionais quando necessário

Também é importante agregar profissionais qualificados de fora, quando necessário, completando a equipe com as habilidades e conhecimentos que faltam para alcançar os objetivos do negócio. 

Nem sempre temos na família alguém para preencher todos os cargos. Antes de contratar um familiar ou amigo sem as qualificações necessárias, considere fazer uma contratação externa e garantir que a vaga seja preenchida da melhor maneira possível. 

Sabem separar laços familiares e laços profissionais

Esse é um dos maiores desafios dos pequenos negócios que as empresas familiares de sucesso já tiram de letra. Para que os relacionamentos familiares não prejudiquem os negócios, é importante que todos os envolvidos entendam a importância de separar o que é profissional do pessoal. 

Isso significa que os problemas vivenciados em casa não podem ser levados para o dia a dia do negócio, assim como os problemas de trabalho não devem interferir no tempo de lazer em família. Pode ser difícil, mas assim que esse limite for traçado, vai beneficiar tanto os negócios quanto melhorar o convívio entre os membros da família. 

Delimitam funções

Quando as formações profissionais são diversificadas, cada um tem um papel e uma função na empresa. Por isso, é importante que os funcionários que fazem parte da família tenham suas funções bem definidas, assim como os outros membros da equipe. 

Também é essencial definir quem tem a palavra final no caso de desentendimento. Pode ser que tenha um membro para dar a palavra final em relação às finanças, outro em relação ao marketing ou vendas, por exemplo. 

Respeitam a hierarquia e a cultura da empresa

Em uma empresa familiar, os membros da família podem ter cargos distintos que não condizem com a hierarquia da família. Um tio, por exemplo, pode ser gerente enquanto a sobrinha é diretora da organização. 

Independente do parentesco, deve-se respeitar a hierarquia e a cultura da empresa, tratando todos os colaboradores com respeito. Favoritismos também devem ser abolidos para não estimular uma competição interna que cause malefícios à empresa. 
Gostou de entender como as empresas familiares de sucesso fazem de diferente e como levar isso para o seu negócio? Confira a sessão sobre Sociedade e sucesso em nosso blog!

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado.