Blog

Empreendedorismo coletivo: o que é e quais suas vantagens

empreendedorismo coletivo
55TIPS

Empreendedorismo coletivo: o que é e quais suas vantagens

Ninguém empreende sozinho e sempre vai ser necessário uma ajuda em uma área no qual você não é especialista. Assim como uma empresa já formada possui equipes de marketing, financeiro e jurídico, sua nova empresa pode precisar também, mas em menor escala. 

É aí que entra o empreendedorismo coletivo. Uma pessoa que entende de marketing ajuda uma que oferece ajuda com o financeiro, e assim todos conseguem obter e oferecer ajuda. Dessa forma, o esforço colaborativo incrementa o conhecimento geral, aumentando a eficácia de todas as partes. 

Confira as principais vantagens do empreendedorismo coletivo e as tendências deste mercado em expansão. 

Principais vantagens do empreendedorismo coletivo

Compartilhamento de competências e experiências

Como já falamos na introdução, compartilhar competências e experiências é um dos principais benefícios do empreendedorismo coletivo. Ela permite estar em contato com diversas pessoas, dos mais variados nichos, para você se espelhar, consultar e agregar ao seu negócio. 

Compartilhamento de recursos

Uma das maiores dificuldades dos novos empreendedores é a captação de recursos para o capital inicial da empresa, no qual é necessário comprar maquinário, estoque, recursos para produção e muitos outros gastos. 

Com o empreendedorismo coletivo, é possível compartilhar esses recursos, criando uma forma de uso cooperativo dos bens e aumentando a eficácia operacional de todos os envolvidos. Essa é uma prática que ficou muito conhecida com os coworkings – que falaremos a seguir. 

Menos riscos e custos na exploração de novas oportunidades

Os custos com um empreendimento aumentam quando se quer alcançar novos mercados ou experimentar novas técnicas de produção. Mas esses custos podem ser diminuídos com o empreendedorismo coletivo. 

Dessa forma, é possível dividir custos de participação em feiras e eventos, compartilhar pesquisas de mercado e até trabalhar em conjunto na construção das marcas. Quando as empresas crescem, fortalecem o mercado como um todo e beneficiam a todos. 

Aumento de pressão no mercado

Trabalhar de forma cooperativa aumenta a eficácia na hora de se relacionar com o mercado. É possível, por exemplo, promover uma sensibilização de mercado, melhorar a condição de fiscalização e até alterar uma legislação. 

Fortalecimento do poder de compra e venda

Quando empreendedores trabalham juntos, ganham escala e podem ter acesso a melhores condições de negociação. Essa prática já é comum em cooperativas, associações e redes empresariais, e tem ganhado mais adeptos de médio e pequeno porte.

Tendências do empreendedorismo coletivo

Redes de apoio

As redes de apoio têm o objetivo de facilitar contatos, fornecer mentorias e divulgar projetos. Essas comunidades são formadas por empreendedores de todos os tipos, que possam ou não ter nicho e público-alvo em comum. 

O maior benefício da rede de apoio é poder contar com pessoas que passaram ou que estão passando pelos mesmo desafios que você. Além de gerar um sentimento de pertencimento, pode ser ótimo para tirar dúvidas e debater sobre assuntos empresariais. 

Liderança colaborativa

Essa tendência do empreendedorismo coletivo busca transformar a liderança tradicional em um tipo de liderança mais horizontal ou democrática. Na liderança colaborativa, cada membro da equipe contribui para as decisões importantes, dando mais poder de intervenção aos colaboradores.

Essa prática gera mais autonomia e satisfação para os funcionários, soluções mais participativas e criativas e mais espaço para inovar. Esse tipo de liderança já atrai interesse de grandes empresas e há até lideranças colaborativas dentro da política, no qual várias pessoas decidem juntas e decidem como um deputado ou vereador. 

Crowdfunding 

Até o financiamento é uma prática que pode ser colaborativa. Com as plataformas de crowdfunding, ou vaquinha virtual, empreendimentos grandes e pequenos podem obter recursos financeiros por meio de incentivo coletivo. 

É benéfico para os apoiadores que querem contribuir para uma causa em que acreditam ou que querem dar vida a um serviço ou produto que vão lhe ser úteis. Os empreendedores conseguem diminuir riscos, obter o valor financeiro que precisam para começar e já conseguem atrair um público interessado na empresa. 

Falamos mais sobre crowdfunding e outras maneiras de angariar fundos para seu empreendimento no post 5 formas de captar recursos para um negócio.

Ambientes colaborativos

Também conhecidos como coworking, os ambientes colaborativos ganharam força e se espalharam pelo Brasil afora. Além de oferecer um ambiente físico para pequenas empresas e profissionais autônomos, esse ambiente permite conhecer pessoas, fortalecer o networking e servir de casa para cursos e palestras. 

Quando se fala em ambientes colaborativos, se pensa logo em escritórios com diversas mesas para as pessoas trabalharem juntas. Mas hoje as possibilidades são infinitas. Há lojas que vendem produtos de várias marcas diferentes e até restaurantes e cozinhas onde vários chefs dividem o espaço. 
Aqui no 55 Lab, somos um laboratório de negócios focado no empreendedorismo coletivo. Trabalhamos para desburocratizar o empreendedorismo, conectar pessoas e gerar negócios. Acreditamos que juntos podemos unir forças e oferecer as ferramentas necessárias para tirar empresas do papel e tornar sonhos realidade.

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *