Blog

10 dicas infalíveis para o bom controle financeiro do seu negócio

Finanças

10 dicas infalíveis para o bom controle financeiro do seu negócio

Cuidar do financeiro é a maior preocupação da maioria dos empreendedores. Por isso, reunimos 10 dicas infalíveis para o bom controle financeiro do seu negócio. São dicas que usamos no 55 Lab e que indicamos para todos os empreendedores que fazem parte do nosso laboratório de negócios, então são dicas testadas e aprovadas. Também disponibilizamos planilhas e ferramentas ao longo das dicas, essenciais para um controle financeiro eficaz. Confira! 

10 dicas infalíveis para o bom controle financeiro do seu negócio

1) Tenha o hábito de olhar para os dados financeiros 

A primeira dica para ter um bom controle financeiro do seu negócio é criar o hábito de olhar para seus dados financeiros diariamente, não importa se você tem um caderno ou um super power BI. 

Ter todos os gastos e despesas mensais frescos na sua mente, vai te ajudar a tomar melhores decisões sobre sua empresa. Além disso, quando você percebe que uma semana não teve boas vendas, pode se preparar para aumentá-las na semana seguinte. 

2) Reconheça os drenos de dinheiro

Toda pessoa, seja física ou jurídica, tem drenos de dinheiro nos gastos que podem ser cortados para economizar. Encontrá-los e reduzi-los ou cortá-los ajuda muito a manter o controle financeiro do seu negócio. Você precisa encontrar principalmente aqueles quase invisíveis, que comem uma grande parte do seu dinheiro se contabilizarmos o ano todo. 

São exemplos de taxas invisíveis as taxas bancárias, a porcentagem de gateways de pagamento, taxa de boleto, consumos gerais (energia elétrica, assinaturas, sistemas), datas de pagamento x fluxo de caixa. Todos esses gastos podem – e devem – ser revistos, negociados ou cortados. 

3) Reconheça suas dívidas

Está endividado? Faça uma lista de todos para quem está devendo, o valor da dívida e há quanto tempo ela rola. Leve essas informações para a sua planilha e estude como quitá-las buscando redução em outros itens (os drenos de dinheiro que falamos anteriormente). 

Se você deve a bancos, pode tentar negociar ou trocar por uma dívida que tenha juros menores ou melhores condições de pagamento. Reunimos outras dicas no artigo Como organizar seu financeiro para sair do vermelho em 6 passos?

4) Se você tem um time, já coloca a galera para construir junto uma meta de redução dos gastos/custos variáveis de sua operação 

Ser o único responsável pela economia do negócio dificilmente vai gerar bons resultados. Por isso, inclua todo o seu time na redução de gastos e no controle financeiro do seu negócio. Você pode oferecer um bônus caso o objetivo da redução seja atingido. Reduzindo 20% da conta de luz, a equipe terá um happy hour liberado na última sexta-feira do mês, por exemplo.

5) Identifique toda e qualquer oportunidade de redução de gastos e entre em negociação com seus fornecedores

Fornecedores, serviços e plataformas são fontes de gastos que podem ser facilmente negociadas para manter o controle financeiro do seu negócio. Tire um dia para sentar ao lado do telefone, entrar em contato com todos esses fornecedores e tentar reduzir valores ou negociar melhores opções de pagamento. 

6) Trabalhe cenários projetados

Se você souber quanto vai gastar nos próximos X meses, pode negociar melhor com seus fornecedores. Por isso é tão importante para um empreendedor manter o controle financeiro do seu negócio em dia. 

Oferecemos uma planilha financeira para pessoa jurídica que é ideal, tanto para manter o controle do que você está gastando e recebendo, quanto para fazer uma previsão dos gastos e ganhos. Você pode baixá-la junto com outras ferramentas para empreendedores clicando no card a seguir. 

[BANNER]

7) Cheque especial e cartão de crédito não são uma boa opção para você! 

O cheque especial e o cartão de crédito são os maiores motivos de endividamento no Brasil, e os empreendedores não escapam dessa. Se quer manter o controle financeiro do seu negócio, evite usar esses recursos ao máximo. 

Se percebeu que não tem saída mesmo, busque uma alternativa de empréstimo, mas cuide para não deixar a comodidade do cheque especial ou do cartão de crédito levarem mais dinheiro do que você já está perdendo. 

8) Automatize suas operações financeiras

Não é jabá. Mesmo… Mas, ferramentas como o Conta Azul, nos ajudaram e MUITO na operação do dia a dia. Elas automatizaram nossas operações financeiras, como conciliação bancária, emissão de notas fiscais e boletos, cobranças e muito mais. Assim, fica muito mais simples cuidar das nossas finanças, além de reduzir custos operacionais e o tempo – nos deixando livres para estar aqui, gerando esse conteúdo legal para você. 

9) Controle bem seus estoques e movimentações financeiras 

10) Trabalhe com um orçamento anual – AKA planilha de viabilidade

Em um primeiro momento, você vai querer chorar. É muito mais difícil começar uma operação vendo que ela vai consumir seus recursos pelos próximos 18 a 24 meses até que comece a te dar resultados. A gente sabe. É como relacionamento – quando a gente começa já sabendo que a rotina vai fazer parte e querendo matar qualquer boa lembrança do início da paixão, fica mais fácil gerenciar quando a rotina chega. A planilha de estudo de viabilidade e definição de orçamentos anuais dói no começo, mas depois é só alegria.

Ela também está disponível no pack de ferramentas para empreendedores. Se você ainda não baixou quando falamos sobre a planilha para pessoa física, a hora é agora: 

ferramentas para empreendedores

Essas foram 10 dicas infalíveis para o bom controle financeiro do seu negócio, mas há muito mais dicas no nosso blog, Instagram e canal do YouTube. O 55 Lab é um laboratório de negócios e é sobre isso que falamos todos os dias. Se você quer empreender, chegou ao lugar certo!

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado.