Blog

Sucessão empresarial: 5 práticas para uma transição tranquila

Sociedade

Sucessão empresarial: 5 práticas para uma transição tranquila

A sucessão empresarial não é um tema amplamente debatido em muitas empresas. A maioria deixa para fazer a sucessão quando o gestor principal não pode mais trabalhar, seja por aposentadoria, falência ou algum imprevisto repentino. 

O ideal é que a sucessão empresarial seja feita aos poucos, com planejamento e tempo de adaptação, tanto do novo gestor, como da equipe como um todo. Confira 5 práticas para uma transição tranquila a seguir. 

Tipos de sucessão empresarial

Existem diferentes tipos de sucessão empresarial que podem ocorrer nas organizações: 

  • Sucessão familiar: ocorre quando os líderes da empresa transmitem o negócio para herdeiros ou outros parentes. Nesses casos, além da liderança da empresa, a nova gestão herda seu lucro, dívidas, processos, contratos e funções de gestão; 
  • Sucessão trabalhista: é quando um sucessor passar a ser responsável pelas obrigações trabalhistas do dono anterior e não há mudanças na estrutura de funcionários do negócio; 
  • Aquisição de fundo de comércio: acontece quando uma pessoa jurídica compra um fundo ou ponto comercial, adquirindo também sua estrutura, atividades, bens, dívidas, processos e contratos.

Principais desafios do processo

Toda empresa que quer se manter no mercado por muito tempo, de forma significativa, vai precisar realizar uma sucessão empresarial em algum momento. Mas apesar de comum, esse processo enfrenta alguns desafios em sua execução. 

É preciso fazer uma seleção correta de sucessores, fazer um planejamento, fazer a transição gradualmente, investir em capacitação, deixar a cabeça aberta e incentivar a mudança. Parece muito, né? Mas quando bem planejada e executada, uma sucessão empresarial pode trazer muitos benefícios e melhorias para a empresa. 

Confira cada uma dessas etapas a seguir e saiba como fazer a transição de gestão da sua empresa da melhor maneira possível. 

5 práticas para fazer uma sucessão empresarial de sucesso

1. Planeje com antecedência

O primeiro passo para ter uma sucessão empresarial tranquila é o planejamento, já que é preciso definir as medidas a serem adotadas antes, durante e depois da transição. Planejando com antecedência, além de evitar conflitos e prever possíveis necessidades, você garante que toda a equipe esteja pronta para apoiar a mudança. 

2. Faça a sucessão gradualmente

Além de planejar é necessário que a sucessão empresarial ocorra de forma gradativa. Um ambiente de estresse e incertezas pode afetar o trabalho e a produtividade dos colaboradores. Por isso, alinhe os processos com toda equipe e faça a transição de poder aos poucos. 

3. Invista na capacitação dos futuros gestores

Inclua no planejamento da sucessão empresarial a capacitação dos futuros gestores com treinamentos e avaliações. Fazendo a transição com antecedência, como falamos no último tópico, é possível que o novo gestor possa aprender aos poucos cada parte da empresa, conhecer os colaboradores e desenvolver habilidades que faltam para um cargo de liderança.  

4. Contenha o impulso de fazer mudanças bruscas

Em alguns cenários, principalmente quando a transição se deve a dívidas ou contratos, há uma necessidade maior de fazer muitas mudanças rapidamente. Nesses casos, o ideal é contratar profissionais especializados em planejamento e sucessão para que eles possam ajudar no processo garantindo o andamento do negócio e a imagem da empresa. 

5. Incentive a mudança

Para que essa sucessão ocorra de forma tranquila, é preciso ter a mente aberta para mudanças. Em caso de transição de empresas familiares, é comum que haja modernização do negócio, novas visões de mercado e mais profissionalização do que a gestão anterior. 

É essencial que todos trabalhem juntos para que a empresa funcione e conquiste espaço. Disputas por hierarquia ou influência de parentesco, por exemplo, podem causar atrito em diversas áreas e influenciar na produtividade da equipe como um todo. 
Para conferir mais dicas sobre empresas familiares e sucessão empresarial, clique aqui.

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado.